Agora, cidadãos com deficiência auditiva têm intérpretes instantâneos e on-line

Diante da dificuldade de comunicação entre a população surda e os servidores públicos do município de Toledo, na Região Oeste do Paraná, surgiu a inspiração para o projeto Central de Libras de Toledo. A iniciativa já atende a 96% das pessoas com deficiência auditiva, proporcionando interpretação simultânea em uma plataforma própria, acessada por meio de QR Code.

“Os surdos frequentavam espaços públicos e não se sentiam acolhidos, pois não compreendiam o que estava sendo falado. Além disso, os servidores não se sentiam satisfeitos, pois não conseguiam fornecer as informações de maneira clara e qualificada. O atendimento não atendia às expectativas”, explicou Junior Rasbolt, Coordenador da Política da Pessoa com Deficiência.

A iniciativa busca promover a autonomia, independência e dignidade das pessoas surdas e/ou com deficiência auditiva, oferecendo tradutores e intérpretes de Libras em uma plataforma digital inteligente, em tempo real e disponível 24 horas por dia por meio de QR Code. Além disso, são disponibilizados intérpretes presenciais em eventos públicos, como pronunciamentos, inaugurações e audiências.

“A Central de Libras proporciona autonomia e dignidade às pessoas que necessitam. A dificuldade de comunicação é imensa, não apenas para quem utiliza a oralidade, mas também para o deficiente auditivo que busca um serviço. Para mim, o projeto enche o coração de alegria”, afirmou a Coordenadora da Secretaria de Esporte e Lazer, Alice Turmina.

Atualmente, 100% das áreas da saúde e educação são acessíveis, com 521 atendimentos realizados pela Plataforma Digital Inteligente e 136 eventos com tradução, totalizando 19.144 minutos de serviço da Central de Libras. Com um investimento aproximado de R$ 415 mil, a meta do projeto é alcançar mais de 97% da população atendida, transformando a iniciativa em política pública municipal.

Mais informações sobre esse projeto e sobre outras iniciativas premiadas no PGP-PR, você encontra no nosso Banco de Projetos.

Relacionados

9 DE FEVEREIRO DE 2024

Medianeira fornece acesso à saúde ocular para estudantes

Exames, tratamentos e cirurgias oftalmológicas são oferecidos pelo município

31 DE JANEIRO DE 2024

Cascavel otimiza uso de móveis com projeto de reaproveitamento

As peças de mobília do serviço público classificadas como inservíveis são agora...

26 DE JANEIRO DE 2024

Morretes promove a conservação ambiental por meio da meliponicultura

A criação de abelhas é feita ecologicamente por agricultores familiares

15 DE JANEIRO DE 2024

Campo Mourão inova o processo de autorização para cirurgias eletivas

Procedimento tornou o tempo de espera instantâneo