Projeto garantiu construção de galerias pluviais e almoxarifado central, além de ampliação do cemitério municipal, pavimentações e aquisição de novos veículos
Para conseguir recursos, manter a qualidade nos serviços prestados e investir em bens para a população, a Prefeitura de Nova Esperança, no Norte Central do Paraná, desenvolveu o projeto Transformando Patrimônio Público em Soluções, Infraestrutura e Qualidade de Vida a Toda Municipalidade, alienando imóveis e outros bens do patrimônio público municipal não utilizados, respeitando os procedimentos e legislações vigentes.

Para a execução do projeto, a Prefeitura identificou todos os bens públicos por meio da Secretaria de Planejamento, observando a situação fiscal de cada imóvel e bem. Além disso, foi analisado se o município realmente precisava do mesmo ou seria conveniente entregá-lo para a iniciativa privada. Após o levantamento, em conjunto com a Secretaria de Fazenda e Secretaria de Planejamento, iniciou-se o preparo dos procedimentos e documentações para atendimento das legislações. No total, foram cerca de 16 processos licitatórios homologados, resultando na venda de veículos antigos, terrenos e equipamentos não utilizados pela administração.

Com a iniciativa, foi possível construir as galerias pluviais dos bairros da cidade, fazer a reforma e ampliação do Cemitério Municipal, a construção do Almoxarifado Central, a pavimentação do Distrito de Barão de Lucena e a aquisição de veículos e equipamentos, visando melhorar os serviços prestados à população, como também diminuir gastos com veículos sucateados em decorrência do tempo.

Os bons resultados garantiram ao projeto o Troféu PGP-PR de Administração Tributária em 2020 e uma Menção Honrosa em 2021, uma das premiações mais importantes desse segmento no país.

Mais informações sobre esse projeto e sobre outras iniciativas premiadas no PGP-PR, você encontra no nosso Banco de Projetos.

Relacionados

9 DE FEVEREIRO DE 2024

Medianeira fornece acesso à saúde ocular para estudantes

Exames, tratamentos e cirurgias oftalmológicas são oferecidos pelo município

31 DE JANEIRO DE 2024

Cascavel otimiza uso de móveis com projeto de reaproveitamento

As peças de mobília do serviço público classificadas como inservíveis são agora...

26 DE JANEIRO DE 2024

Morretes promove a conservação ambiental por meio da meliponicultura

A criação de abelhas é feita ecologicamente por agricultores familiares

15 DE JANEIRO DE 2024

Campo Mourão inova o processo de autorização para cirurgias eletivas

Procedimento tornou o tempo de espera instantâneo