CONFIRA O PROGRAMA BOM GESTOR PÚBLICO SOBRE ESSE PROJETO:

 

Pró Leite aumentou a renda e o aproveitamento das pastagens, incentivando também a melhora do gado com inseminações artificiais

O leite e seus derivados são ricas fontes de proteínas e minerais essenciais para o ser humano, desde o nascimento até a vida adulta. Mas para que isso aconteça, é necessário que os produtores tenham condições para melhorarem a qualidade desse alimento tão importante em nossas vidas. Pensando nisso, a Prefeitura de Nova Tebas, no Norte Central do Paraná, desenvolveu o Pró Leite: Projeto de Incentivo ao Melhoramento da Produção Leiteira.

Prefeito de Nova Tebas, Clodoaldo Fernandes dos Santos, com equipe da prefeitura e produtores

Da totalidade dos produtores do município, aproximadamente 85% são agricultores familiares, os quais são responsáveis pela geração de renda e incremento na economia local. Esses produtores têm sua renda mensal gerada na agricultura e na produção de leite, que é comercializado para os laticínios da região. Diante da importância da cadeia leiteira para a economia municipal e ciente das possibilidades de incremento na produção, a prefeitura buscou parcerias para fomentar a área leiteira.

Por meio de levantamentos referentes às condições e tamanho das áreas que são destinadas para a produção de leite, iniciou-se uma série de intervenções e ajustes nas propriedades dos produtores participantes. Entre os problemas identificados estavam: falta de planejamento para a produção de alimentos para os animais, aumentando os custos de produção; propriedades com alto índice de vacas secas (sem produção); baixa média de produção por animal; animais com pouca aptidão para produção de leite; áreas de pastagens extensas com poucos animais; e necessidade de melhorar a qualidade do produto para receber um melhor preço por litro de leite.

Em cada um dos casos, os produtores são orientados sobre como agir em determinada situação. O município ainda disponibiliza incentivo para a inseminação artificial por meio do custeio do nitrogênio para armazenamento do sêmem utilizado na propriedade. A prática aumenta a qualidade genética dos animais, resultando no crescimento da produção leiteira. Para melhorar os índices de confirmação de gestação das vacas, o município adquiriu um aparelho de ultrassom veterinário, utilizado nas propriedades.

Entre os benefícios trazidos pelo Pró Leite estão o aumento na produção de leite por animal, trazendo mais renda aos produtores; melhor aproveitamento das pastagens; e diminuição nas requisições de atendimento clínico por parte dos produtores aos técnicos do projeto. Os bons resultados garantiram o Troféu Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR) 2020, uma das premiações mais importantes do segmento no país.

Mais informações sobre esse projeto e sobre outras iniciativas premiadas no PGP-PR, você encontra no nosso Banco de Projetos.

Relacionados

23 DE JULHO DE 2021

Câmara Municipal de Mandaguari desenvolve a Lupa Legislativa

Com a iniciativa é possível fiscalizar: a quantidade de material que foi solicitado, o...

16 DE JULHO DE 2021

Nova Esperança melhorou o serviço da taxa de lixo e construiu ecoponto

Regularização do imposto fez com que houvesse maior adimplência no pagamento da taxa,...

9 DE JULHO DE 2021

Tomazina promove lazer para moradores e turistas da região

Parque Salto Cavalcanti modernizou toda a estrutura no entorno da cachoeira de 150 metros...

2 DE JULHO DE 2021

Jardim Alegre gera energia solar e moderniza iluminação pública

Jardim Alegre Energia Renovável reduziu os gastos com energia em 30% no município e...

25 DE JUNHO DE 2021

Tomazina melhora qualidade de vida e combate êxodo rural

Fomento Café beneficia as produtoras de grãos especiais, aumentando a renda e...

18 DE JUNHO DE 2021

Londrina centraliza atendimento para busca de vagas em creches

Projeto conseguiu organizar a fila de espera e desenvolveu critérios técnicos para...