CONFIRA O PROGRAMA BOM GESTOR PÚBLICO SOBRE ESSE PROJETO:

 

Com projeto inovador, Educárius EAD garantiu que os alunos continuassem os estudos por meio de videoaulas na internet

Com a chegada do novo coronavírus e a impossibilidade de realizar aulas presenciais, havia um grande receio de que o ano letivo fosse perdido, prejudicando estudantes de todas as idades, mas principalmente aqueles nos anos iniciais. Pensando nisso, a Prefeitura de Guaíra, no Oeste do Paraná, desenvolveu o projeto Educárius EAD – Inovando o Ensino Infantil e Fundamental.

Prefeito de Guaíra, Heraldo Trento, recebe o Troféu PGP-PR Melhor do Ano pelo Educárius EAD – Inovando o Ensino Infantil e Fundamental

Buscando uma ferramenta lúdica e de fácil uso para disponibilizar as atividades desenvolvidas para os alunos, a gestão municipal iniciou uma pesquisa por plataformas já existentes. Entretanto, nenhuma possuía a facilidade e didática necessárias para atingir todos os alunos e seus responsáveis, já que muitos deles não possuíam conhecimentos básicos de informática. A Secretaria de Tecnologia da Informação se propôs então a criar uma plataforma própria, que atendesse as necessidades e garantisse uma efetiva participação dos estudantes nas aulas.

Foi realizado um estudo de viabilidade, verificando se havia uma quantidade significativa de alunos que conseguiriam acompanhar as atividades de forma on-line e qual equipamento eles teriam acesso para seus estudos diários. Depois, um cronograma foi montado para desenvolvimento da plataforma a fim de que ela estivesse pronta em até quatro semanas, uma vez que um longo período de tempo sem aulas seria extremamente prejudicial para as crianças.

Com a plataforma pronta, o próximo passo foi disponibilizar o material para os alunos. Para aqueles que não possuíam acesso à internet ou não conseguiam acompanhar as videoaulas, os pais podiam retirar apostilas na escola, em que eram abordados os mesmos conteúdos dos vídeos. Entretanto, havia o desafio de fazer com que os estudantes participassem de fato das aulas. Foi então que professores e coordenadores buscaram se aproximar ainda mais das crianças e pais por meio das redes sociais, além de busca ativa in loco, avisos em rádios e jornais e parceria com o Conselho Tutelar, já que a não participação implicava em evasão escolar.

Com estas ações, o índice de alunos acompanhando as atividades online, que antes era de 57% ativamente e 30% parcialmente, saltou para 86% dos alunos participando ativamente e 6% parcialmente. Os bons resultados garantiram à iniciativa o Troféu PGP-PR Melhor do Ano 2020, uma das premiações mais importantes desse segmento no país.

Mais informações sobre esse projeto e sobre outras iniciativas premiadas no PGP-PR, você encontra no nosso Banco de Projetos.

Relacionados

2 DE ABRIL DE 2021

Campo Mourão incentiva a prática de esportes por meio de videoaulas

Campo Mourão + Ativa inseriu na rotina dos munícipes a prática de esportes e reduziu a...

26 DE MARçO DE 2021

Projeto incentiva práticas culturais para população de Apucarana

Escola de Artes Luzes da Ribalta leva formação cultural gratuita, ensinando danças...

19 DE MARçO DE 2021

Cafelândia dá crédito e facilita formalização de novos empreendedores

Espaço do Empreendedor Social oferece consultorias, processos de desburocratização e...

12 DE MARçO DE 2021

Projeto constrói casas para população de baixa renda em São Miguel do Iguaçu

Morar Legal busca zerar o déficit habitacional de São Miguel do Iguaçu até 2023 com a...

5 DE MARçO DE 2021

Pérola melhora tratamento para pacientes com fibromialgia

Projeto de Pérola disponibiliza diversas atividades semanais para grupos de até dez...

12 DE FEVEREIRO DE 2021

Capacitação de empreendedores fortalece economia de Ponta Grossa

Voe Aceleradora de Negócios fez com que empresários de Ponta Grossa, nos Campos Gerais,...