CONFIRA O PROGRAMA BOM GESTOR PÚBLICO SOBRE ESSE PROJETO:

 

Edital de Inovação Para Fomento de Startups estimula o desenvolvimento de ideias inovadoras que facilitem a vida dos cidadãos e que reduzam custos para gestão pública

Fomentar o empreendedorismo e a inovação no setor público têm sido uma demanda cada vez mais presente para os gestores municipais, sobretudo para resolver problemas e melhorar o atendimento à população. Buscando estimular o desenvolvimento de ideias inovadoras, a Prefeitura de Maringá, no Norte Central do Paraná, criou em 2017 o Edital de Inovação Para Fomento de Startups.

Diretor de Inovação da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico à época, Franz Wagner, recebe o Certificado de Reconhecimento pelo Edital de Inovação

A gestão municipal identificou que cerca de 80% das startups fechavam após um ano, muitas vezes por não conseguirem implementar sua ideia. Além disso, as faculdades locais formam cerca de 500 profissionais na área de Tecnologia da Informação por ano. A prefeitura pensou então em um projeto que transformasse Maringá em um laboratório tecnológico e que também oferecesse oportunidade para a mão de obra especializada.

Foi então que Maringá iniciou o Edital de Inovação, em que são levantadas as principais demandas de cada secretaria para que possam ser resolvidas pelos empreendedores. Depois, é lançado um chamamento público para aqueles que querem desenvolver e testar suas ideias. Um prazo é estipulado para que as startups desenvolvam e testem a solução. Após um ano, caso seja escolhida, a ideia é licitada.

Para que o edital pudesse ser implementado, a Câmara Municipal aprovou a Lei de Inovação. Em agosto de 2017 o primeiro chamamento público foi realizado. Os projetos participantes tiveram até o final de dezembro de 2018 para realização de testes e implantação das soluções. Uma delas foi o aplicativo Petis, que facilitou os pedidos de castração e integrou prefeitura, Organizações da Sociedade Civil, protetores independentes e as clínicas.

Entre os principais benefícios do projeto estão o fomento de novas empresas na cidade, o que contribui para a arrecadação de impostos municipais; a melhoria nos serviços públicos prestados aos cidadãos; e economia na aquisição de soluções inovadoras que facilitam a gestão, sem contar que não há necessidade de aporte financeiro por parte da cidade. Os bons resultados garantiram à iniciativa o Certificado de Reconhecimento do Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR) 2018, uma das premiações mais importantes desse segmento no país.

Mais informações sobre esse projeto e sobre outras iniciativas premiadas no PGP-PR, você encontra no nosso Banco de Projetos.

Relacionados

15 DE JANEIRO DE 2021

Curitiba promove a participação popular nas decisões do orçamento

Fala Curitiba: Programa de Consulta Pública Municipal inovou no atendimento à...

8 DE JANEIRO DE 2021

Colombo gera renda, melhora o meio ambiente e a saúde de moradores

Coleta Verde realiza a troca de materiais recicláveis por hortaliças produzidas por...

18 DE DEZEMBRO DE 2020

Colombo proporciona que moradores participem de decisões da saúde

Participação Popular no Planejamento Municipal de Saúde fez com que a população...

11 DE DEZEMBRO DE 2020

Cascavel auxilia na aprendizagem de crianças com deficiências

Aprender Digital atende alunos de 7 a 10 anos da rede municipal de ensino com...

27 DE NOVEMBRO DE 2020

Apucarana oferece residência médica em dermatologia e zera fila de consultas na área

Ambulatório de Especialidades Dermatológicas resolveu o problema da falta de...

20 DE NOVEMBRO DE 2020

Guaratuba combate vulnerabilidade social oferecendo aulas no contraturno

Porto Seguro oferece atividades diferenciadas nas áreas de esporte, artes, cultura e...